As vantagens do Marketing Digital

marketing_digital

Na era da internet, definir e entender o Marketing Digital é primordial para posicionar sua marca, expor e vender os seus produtos. Afinal, as pessoas não consomem informação somente via veículos impressos, rádio ou televisão.

Mas, antes de explorar especificamente sobre sua configuração digital, cabe lembrar alguns conceitos básicos do marketing.

Marketing é o processo, conceito ou até mesmo ciência, das ações utilizadas para levar produtos ou serviços aos consumidores. Ele é o responsável pelo desenvolvimento de estratégias que envolve as vendas, comunicações e os negócios de uma empresa.

O marketing cria valor e participa do processo de satisfação do cliente. As atividades do marketing envolvem desde a concepção do produto, até sua publicidade, distribuição, ações de venda e pós-venda.

Para citar Philip Kotler, grande guru da área, “marketing é o processo por meio do qual pessoas e grupos de pessoas obtêm aquilo de que necessitam e que desejam com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”.

Mas afinal, o que é o Marketing Digital?

Considerando o que foi descrito acima, o Marketing Digital pode ser definido como todos esses processos relacionados ao posicionamento de produtos e serviços no mercado, mas transferidos ao meio digital. Porém, nesta transposição, é natural que mudanças drásticas aconteçam nesses processos. Mas divagamos!

O marketing digital se transforma junto ao desenvolvimento e à democratização da tecnologia. Há pouco mais de cinco anos, eram poucos os usuários de smartphones no Brasil, por exemplo. Hoje o acesso está disseminado. Assim temos uma parte significativa da população que se comunica e interage por celulares em uma série de mídias digitais. Essas mídias, então, passam a ser um novo meio de atuação para o marketing.

Sejam em dispositivos móveis ou desktops, as pessoas estão conectadas a todo momento, suscetíveis às ações de marcas. Com todo um novo campo a ser explorado, o marketing digital apresenta uma série de vantagens em relação à sua versão tradicional.

Vejamos agora algumas delas!

Vantagens

Atualmente, as marcas dão cada vez mais atenção ao marketing digital, muitas vezes até em detrimento – ou total abdicação – do tradicional. Muito disso se dá ao custo mais baixo, melhor ROI (Retorno sobre investimento) e mensurações mais precisas e inteligentes.

Alcance e segmentação

As ações tradicionais de marketing se promovem por mídias tradicionais: TV, rádio, revistas, jornais, outdoors, etc. Contudo, o valor cobrado para anunciar nos principais veículos é proibitivo para a maior parte dos negócios. E nos veículos mais acessíveis, o alcance e o público atingido são de eficiência questionável.

No âmbito digital, a realidade é outra. Com custos muito mais praticáveis, um anunciante, seja ele uma grande empresa ou empreendedor individual, podem ter alcance global, sem limites geográficos.

As ferramentas de anúncios das principais redes sociais disponibilizam grandes possibilidades de segmentação. Ou seja, você conversa diretamente com o público de interesse e paga para atingí-lo. Não há mais a necessidade de se comunicar com toda uma massa para atrair a atenção de uma pequena parcela.

Ubiquidade

Ubiquidade é um conceito conhecido para estudiosos da comunicação e “novas” mídias.

Ele é usado para descrever a onipresença da informática na vida das pessoas.

Um exemplo de rotina comum é: uma pessoa acorda, olha rapidamente as notificações em seu celular; vai para o trabalho enquanto continua interagindo com o dispositivo; trabalha diante de um computador; volta para casa novamente interagindo com seu smartphone; chega em casa e assiste TV, muitas vezes acompanhado por uma segunda tela, seja ela do celular ou um tablet.

Quantas pessoas você conhece que têm uma rotina deste tipo?

Independentemente de onde ela está, é provável que terá contato com um dispositivo com conexão à internet, estando suscetível ao contato com outras pessoas e marcas.

As possibilidades das ações do marketing social têm natureza perene, podendo impactar seu público em diferentes horários e situações.

Interatividade

Um conceito que já ficou antigo na área da comunicação e publicidade é o do “Web 2.0”.

Ele indicava como as novas mídias mudariam o fluxo de comunicação. O público deixaria de ser receptor e se tornaria uma presença ativa nos processos de troca de informação.

O conceito hoje é mais do que realidade. O meio digital incentiva naturalmente à interação. É fácil perceber que as marcas que procuram mais interagir com o público costumam gerar maior engajamento, potencializando as oportunidades de geração de leads e conversões.

Com as interações, as marcas têm contato direto com as expectativas e anseios de seu público. Isso gera informações valiosas para a otimização e ajustes de estratégias.

Mensuração de resultados

Outra grande vantagem do marketing digital é que ele conta com métricas e ferramentas que permitem mensurar os resultados de suas estratégias e ações de forma muito mais precisa do que as presentes no marketing tradicional.

As mídias digitais permitem mensuração de praticamente todas as interações com usuários, desde número de visitas, tempo na página, cliques em anúncios, taxa de conversão e muito mais.

Índices como o ROI permitem calcular uma relação direta entre investimentos e receita obtida. Taxas de conversão permitirão medir quais estratégias geraram mais vendas, por exemplo, ajudando a definir o direcionamento de gastos.

Já a taxa de rejeição mede a quantidade de visitas que abandonam seu blog ou site assim que o acessaram. Quando a taxa é alta, ela pode indicar um erro de estratégia de rankeamento em mecanismos de busca, por exemplo, ou questões como layout pouco atrativo, problemas de formatação, entre outros.

Essas métricas serão de vital importância para analisar como o consumidor engaja com suas ações e se elas estão sendo efetivas ou não. Com essa precisão de análise, é possível realizar testes para averiguar quais estratégias são mais apropriadas para cada negócio.

Como diferentes áreas apresentam públicos de naturezas diferentes, cada empresa deverá ter um conjunto de métricas adequadas a seus objetivos. O planejamento de indicadores de performance (KPI, na sigla em inglês) deve estar incluso no planejamento estratégico de marketing digital em conjunto com as métricas e ferramentas corretas para abastecê-lo de informações.

Toda a mensuração será de vital importância para reavaliar as ações realizadas e apontar o caminho futuro a seguir de forma embasada. Esse é um grande diferencial a favor do marketing digital.


 

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre Marketing Digital então fique ligado na WT Blog.

Inscreva-se e fique informado sobre o que temos a dizer: